Vasco x Atlético-MG ao vivo em HD

AtléticoWall

O Botafogo visita o Atlético-MG neste domingo, às 17h(de Brasília), na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG), em confronto válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes chegam motivadas por conta de triunfos importantes no fim de semana passado. O Galo venceu o clássico mineiro com o Cruzeiro, de virada, por 3 a 1, enquanto que o Glorioso, como mandante, despachou o líder Corinthians por 2 a 1.

O maior fator que torna a partida empolgante, porém, não é o fato de os times estarem embalados e sim de travarem um confronto direto na luta por uma vaga na Copa Libertadores. Atualmente o Glorioso aparece com 47 pontos conquistados, na zona de classificação para o torneio. O Atlético, com seis pontos a menos, luta justamente para se garantir na competição continental. Dessa maneira, os dois times encaram o duelo como chave.

Para o duelo diante do Botafogo, a equipe mineira terá o retorno do volante Elias. Ele estava suspenso no confronto contra o Cruzeiro, mas já está liberado e trabalhou entre os titulares, deixando Roger Bernardo entre os reservas. A dúvida está na frente. O meia Cazares seria o titular, confirmado pelo próprio técnico Oswaldo Oliveira. No entanto, devido a um atraso, explicado pelo jogador como “imprevisto”, o problema voltou a aparecer. Na equipe que fez trabalhos táticos na Cidade do Galo, Otero ficou na vaga ao lado de Fred, Robinho e Valdívia.

Quem destacou a importância do jogo foi o treinador atleticano. “Temos que fazer a lição de casa nesta reta final, pois isso tem um peso muito importante para atingirmos os nossos objetivos. O Atlético Mineiro sabe que é muito complicado buscar os pontos longe de nossa torcida, portanto, o fator campo tem que ser bem explorado”, disse Oswaldo de Oliveira.

Pelo lado do Botafogo, Jair Ventura perdeu o volante Rodrigo Lindoso e o meia Marcos Vinícius, ambos suspensos por terem sido advertidos com o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Corinthians. Assim, a tendência é que Matheus Fernandes faça a proteção aos zagueiros e o chileno Leonardo Valencia fique responsável pela criação de jogadas.

Os botafoguenses também tratam o duelo como uma decisão. “Os pontos fora de casa podem nos aproximar consideravelmente do nosso objetivo. Não estamos ainda fazendo a projeção de pontuação, mas estamos percebendo o peso que uma campanha como visitante sendo boa pode ter. Vamos atuar no sentido de conquistar o máximo de pontos longe do Rio de Janeiro, pois nem sempre as coisas acontecem conforme o esperado quando estamos em nossa casa. O jogo contra o Atlético Mineiro, pelo momento e pela situação dos times na tabela, tem relevante importância”, analisou o volante Bruno Silva.

A pressão do Galo preocupa os botafoguenses, que querem neutralizar as jogadas aéreas do Galo. “O Atlético tem jogadores importantes pelo alto. O Fred, o Leonardo Silva por exemplo, que fez um ano passado contra a gente. Você treina, mas não consegue marcar. É questão de jogadores que têm qualidade. Por isso também trabalhamos para sermos mortais neste quesito também. A gente treina bastante, principalmente na véspera. Fizemos gols importantes, mas também sofremos. Acontece. Se você olhar nos números, a bola parada não é nem quinze por cento dos gols em um campeonato”, ressaltou Jair Ventura.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), e empataram por 1 a 1. Naquela ocasião, Marlone fez o gol do Galo, mas Roger, cobrando pênalti nos acréscimos do segundo tempo, garantiu a igualdade. 26

As duas equipes também duelaram nas quartas de final da Copa do Brasil. Após perder por 1 a 0 em Minas Gerais, com um gol de Cazares, o Botafogo atropelou o Galo no Rio de Janeiro e avançou. O Glorioso fez 3 a 0 com gols de Joel Carli, Roger e Gilson.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X BOTAFOGO-RJ

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 29 de outubro de 2017 (Domingo)
Horário: 17h(de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-SC)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias, Cazares (Otero), Valdívia, Robinho e Fred
Técnico: Oswaldo de Oliveira

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Víctor Luís; Matheus Fernandes, Bruno Silva, João Paulo e Leonardo Valencia; Rodrigo Pimpão e Brenner
Técnico: Jair Ventura


•••